Telefone: (11) 4399-3132 | 4341-3110 | 4200-0767
Blog

Entenda como é feito um ensaio de tensão aplicada em cabos e suas vantagens

Produtividade e segurança são itens que dependem de um dos serviços mais procurados nos últimos anos, a manutenção de transformadores a óleo. Aqui mesmo no blog da Lorencini Brasil você já leu conteúdo relacionado a este tema, sobre a substituição de fluídos e óleos isolantes. E o post de hoje segue na mesma linha. Continue a leitura e descubra a importância e os principais pontos do processo de manutenção em transformadores a óleo.

Principais pontos da manutenção de transformadores a óleo

  1. Qualificação da equipe: como se trata de um trabalho de alto nível técnico e que envolve equipamento de alto custo, os profissionais envolvidos devem ser especializados. Não há margens para amadorismo durante a manutenção de transformadores a óleo.
  2. Padrão do óleo utilizado: os profissionais utilizam equipamentos e ferramentas que verificam a qualidade do óleo, a vida útil do mesmo, prazo de validade e assim por diante. Para tal, é indispensável a retirada de amostras do óleo para análise laboratorial. Somente assim é possível afirmar com precisão se existe algum problema com o óleo utilizado no transformador.
  3. Desgastes das peças do transformador: toda e qualquer tipo manutenção, seja ela preventiva ou corretiva (leia mais a frente no post de hoje) tem como objetivo prolongar a vida útil do transformador e, com isso, garantir sua produtividade por muito mais tempo. E verificar o desgaste das peças internas é fundamental para garantir tudo isso.
  4. Parte elétrica: quando falamos em manutenção de transformadores a óleo, não podemos deixar de lado a parte elétrica dos equipamentos. É preciso verificar, por exemplo, se carga e tensão estão corretas.
  5. Superaquecimento: um dos problemas mais comuns e que podem ser evitados quando há manutenção de transformadores a óleo é o superaquecimento. É preciso verificar a temperatura interna do equipamento e em diferentes setores. Observe durante a análise se há indicadores de superaquecimento fora do padrão e, se encontrar alguma anormalidade, busque encontrar a causa.
  6. Análise visual: observe se o transformador apresenta algum dano físico / estrutural grave ou mesmo se está gerando ruídos fora do comum ou até vazamentos.

Tipos de manutenção de transformadores a óleo

Quem acompanha as postagens aqui no blog da Lorencini Brasil sabe muito bem que existem dois tipos de manutenção de transformadores a óleo: a manutenção preventiva e a manutenção corretiva. No primeiro caso, trata-se de uma manutenção que tem como objetivo “antecipar” problemas, ou seja, são realizados trabalhos rotineiros para verificar o estado de conservação das peças de um transformador e a própria qualidade do óleo utilizado. Desta maneira, é possível identificar futuros problemas.

Já a manutenção corretiva, como o próprio nome já deixa claro, tem como objetivo corrigir problemas nos transformadores. Trata-se de trabalhos que demanda urgência e precisão, isso porque o equipamento não pode permanecer sem utilização por um período muito longo.

A Lorencini Brasil está ao seu lado!

Com a experiência de quem trabalha há muitos anos no mercado, a Lorencini Brasil é uma empresa especializada em análises laboratoriais e está preparada para receber amostras de óleos lubrificantes dos seus transformadores. Por aqui, você conta com um atendimento personalizado e muito ágil, sempre preciso para obtenção dos resultados que você precisa saber.

Portanto, não perca mais tempo na internet. Fale hoje mesmo com quem realmente entende do assunto. CLIQUE AQUI para enviar seu e-mail solicitando orçamento ou para esclarecer suas dúvidas iniciais. Caso prefira ligar, disponibilizamos três números para contato. Anote: +55 11 4399-3132 / 4341-3110 / 4200-0767. Você também pode enviar mensagens de áudio e texto por WhatsApp: +55 11 98971-5015.

Crédito: Mathisa_s / Tipo de licença: Royalty-free / Coleção: iStock / Getty Images Plus

Desenvolvido por: AO5 Marketing Digital

Fale por Whatsapp